ARRIVAL CITIES - Managing global flows at local level

Rede URBACT III de Planeamento de Ação, liderada pela cidade portuguesa da Amadora (2015-2018)
Promotor:
Amadora (Portugal)
Parceiro(s):
Departamento do Vale do Marne (França); Oldemburgo e Dresda (Alemanha); Riga (Lituânia); Vantaa (Finlândia); Tessalónica (Grécia); Patras (Grécia); Messina (Itália); Roquetas de Mar (Espanha)
Descrição:

Na última década verificaram-se importantes mudanças na natureza e padrão dos fluxos migratórios no interior da União Europeia. Em consequência, podemos observar uma rápida alteração na estrutura populacional e nas interações entre os indivíduos e grupos sociais nas cidades. As autoridades locais têm que gerir a diversidade desses fluxos e responder a novos desafios, promovendo a inclusão de migrantes e refugiados no acesso a serviços básicos, tais como o alojamento, a saúde e a educação. Este é o objetivo da rede temática ARRIVAL CITIES.

As cidades da migração são lugares de inclusão e exclusão. As autoridades locais precisam de lidar e gerir essa diversidade e encontrar a interseção entre várias áreas em relação à crescente população migrante. Em particular, as autoridades locais devem enfrentar alguns desafios concretos, tais como:

  • Uma integração económica mais difícil devido à crise económica;
  • Aumento do risco de exclusão social;
  • Realização educacional de migrantes de segunda e terceira geração;
  • Aumento de movimentos racistas e xenófobos;
  • Aumento da diversificação na composição dos fluxos de imigração).

Para lidar com esta situação, ARRIVAL CITIES visa promover a inclusão social dos migrantes mediante a partilha de boas práticas entre os parceiros, nos seguintes tópicos:

  • Uso efetivo do capital humano migrante;
  • Acesso a serviços-chave como habitação, saúde e educação;
  • Luta contra a xenofobia;
  • Incentivar o envolvimento do setor privado;
  • E-Inclusão (uso das novas tecnologias).

Saiba mais sobre a ARRIVAL CITIES em urbact.eu

Realizações e resultados:

A apresentar em 2018

Total votes: 128
Município(s):
Data / Período:

15 Set 2015 até 3 Maio 2018

Montante global de investimento:
€160.550,67
Fontes de financiamento:
FEDER (70%)
Enquadramento programático:
URBACT III
Ponto de contacto:

Ana Tomás, Câmara Municipal de Amadora

Tema(s) (Agenda Urbana UE):