Concurso MAKING CITIES WORK

Concurso promovido pelo JPI Urban Europe aberto até 28 fevereiro de 2018 para projetos de inovação em áreas urbanas europeias

Encontram-se abertas até ao dia 28 de Fevereiro de 2018 as candidaturas ao concurso Making Cities Work, convidando-se municípios, empresas, investigadores, sociedade civil e outras partes interessadas a construir consórcios transnacionais para criar projetos de inovação orientados para as áreas urbanas europeias e que possam resultar em serviços e produtos comercialmente bem-sucedidos.

O concurso é promovido pelo JPI Urban Europe e tem um orçamento de 4,7 milhões de euros. As agências de financiamento participantes são a FFG (Áustria), a Innoviris (Bélgica), a Tekes (Finlândia), a RCN (Noruega) e a Agência Sueca da Energia (Suécia) e a Vinnova (Suécia). Entidades de outros países, como Portugal, podem também participar, na qualidade de parceiros dos consórcios.

O conteúdo dos projetos resultantes deste concurso deve abordar um ou mais de 4 grandes temas selecionados. Estes temas foram identificados na Agenda Estratégica de Pesquisa e Inovação do JPI Urban Europe:

Tema 1 - Repensar a mobilidade urbana
Soluções inovadoras para reduzir o congestionamento das cidades

O congestionamento do tráfego continua a ser um problema considerável para as áreas urbanas. Este não é apenas um problema de mobilidade, mas também um problema para o meio ambiente, para a saúde e qualidade de vida dos cidadãos e para a economia urbana.

Tema 2 - Implementar cidades sustentáveis e inteligentes
Projetos-piloto de serviços para cidadãos e empresas

Para facilitar sinergias entre projetos-piloto, os projetos inovadores do futuro devem usar abordagens integradoras e cruzadas. Os desafios partilhados e as práticas bem sucedidas devem ser identificados e transformados em serviços úteis para cidades e cidadãos. Os projetos deverão combinar a capacidade dos atores empresariais de transformar ideias inovadoras em oportunidade de negócios com a experiência de investigadores, incluindo as cidades no processo.

Tema 3 - Desenvolver as cidades em parceria
Colmatar o fosso entre cidadãos, empresas e as políticas das cidades

Nos últimos anos, muitas cidades europeias fizeram laboratórios de vida urbana, projetos-piloto de cidades inteligentes e outras iniciativas de inovação urbana. No entanto, verificou-se ser difícil passar de uma iniciativa que envolve os cidadãos no curto prazo para uma prática sustentada onde o envolvimento dos cidadãos é verdadeiramente incorporado.

Tema 4 - Mudanças urbanas inovadoras e sustentáveis
Reduzir os impactos negativos dos estaleiros de obras

As cidades estão a crescer e a mudar continuamente. Quando edifícios, ruas, espaços públicos ou outras infra-estruturas são construídas ou renovadas, as cidades enfrentam emissões de CO2, ruído, poluição visual e desvios forçados. Projetos relacionados com este tópico podem envolver o trabalho com municípios e empresas de construção para identificar práticas e processos inovadores que reduzam os impactos negativos dos estaleiros nas cidades.

Consulte o regulamento e saiba mais

Etiquetas:
Data da última atualização: 15/07/2018
0
Data / Período:

28 Fev 2018

Documento(s) e website(s) de referência:

Artigos relacionados:

Etiquetas

Abordagens territoriais integradas Agenda Territorial Agenda urbana Alimentação e agricultura Alterações climáticas Ambiente urbano Avaliação de políticas Baixo carbono boas práticas Cidade-região Cidades inteligentes cidades prósperas cidades sustentáveis Coesão territorial Comparação Comunidades locais Conceitos Concurso Conselho da Europa consulta pública Contratação pública Demografia Desenvolvimento sustentável Desenvolvimento territorial desenvolvimento urbano integrado Desenvolvimento urbano sustentável Dinamarca Direitos humanos Diversidade territorial Economia circular Economia e emprego Economia social Educação Espaço público Espaço transfronteiriço ESPON Estratégias nacionais Evento Financiamento Fiscalidade Formação Fundos europeus Governança Habitação Imobiliário Inclusão social Indicadores Inovação Inovação social Instrumentos Investigação e conhecimento Itália Jovens marketing territorial Migrações e refugiados Mobilidade e transportes Municípios Natureza e biodiversidade Nações Unidas Observação OCDE Ordenamento do Território Paisagem Participação pública Património e cultura Pequenas e médias cidades PNPOT Policentrismo POLIS XXI Política de coesão Política nacional Política nacional de cidades Qualidade de vida urbana Redes e parcerias urbanas regeneração urbana Rússia Serviços de interesse geral Sistemas de informação Sistema urbano Solo Transição digital Transição energética Turismo União Europeia URBACT Urbanismo Urbano-rural Áreas funcionais Áreas metropolitanas