Grupo nacional informal da Agenda Urbana para a União Europeia

Portugal cria um grupo informal para acompanhar e amplificar a Agenda Urbana para a União Europeia

Desde a assinatura do Pacto de Amesterdão, em 30 de maio de 2016, que a Direção-Geral do Território, responsável pelo acompanhamento da Agenda Urbana para a UE em Portugal, promove e anima, desde 2016, um grupo nacional informal, constituído por representantes dos sectores relevantes do Ministério do Ambiente, cidades e instituições portuguesas participantes em parceiras da Agenda Urbana, Associação Nacional dos Municípios Portugueses e pelo grupo nacional de ligação URBACT,  com os objectivos seguintes:

  • Assegurar o acompanhamento nacional, transversal e articulado, da Agenda Urbana e de todos os temas, parcerias e assuntos transversais;
  • Acompanhar o envolvimento dos participantes portugueses nas parcerias;
  • Ampliar a visibilidade da Agenda Urbana para a UE em Portugal.

O grupo informal reúne-se semestralmente e promoverá, em cooperação aberta, a partilha de informações e actividades relacionadas com a divulgação e disseminação da Agenda  Urbana para a UE. 

Etiquetas:
Data da última atualização: 13/07/2018
0