Concurso ESPON ‘Cultural Heritage as a Source of Societal Well-being’

Até 29 de março encontra-se aberto um diálogo concorrencial para definir uma solução que estabeleça evidências territoriais europeias quanto ao impacto do património cultural na qualidade de vida e outros aspectos

Encontra-se aberto até 29 de março no âmbito do ESPON 2020 um diáologo concorrencial como o objectivo de definir uma solução que estabeleça evidências territoriais europeias quanto ao impacto do património cultural e investimentos associados na qualidade de vida e outros aspectos.  Concretamente, o ESPON EGTC pretende estabelecer um quadro teórico comum e visa definir:

- Domínios e dimensões sociais de bem-estar nos quais o património cultural tem impacte;

- Um quadro metodológico comum que descreva como determinar o impacte socieal do património cultural nestes domínios e dimensões societais;

- Evidências quanto aos impactes sociais do património cultural nas regiões europeias nos últimos 10 anos;

- Evidências sobre o impacte social da digitalização do património cultural e utilização de novas tecnologias;

- Evidências dos contributos dos bens culturais e investimentos associados para o desenvolvimento regional, rural, urbano, bem como para uma melhor coesão territorial; estudos de caso em diferentes tipos de regiões;

- E ainda um conjunto de recomendações para o desenvolvimento de políticas a nível europeu, nacional e regional.

O orçamento máximo disponível para este contrato é de EUR 850.000,00 (oitocentos e cinquenta mil euros), excluindo IVA. Todas as propostas devem ser apresentadas em inglês até ao prazo-limite de 29 de março de 2019 (15:00 CET).

Toda a documentação disponível na ESPON EGTC e-Tendering Platform e no Portail des Marchés Publics of Luxembourg. Mais informações e esclarecimentos no Portal ESPON e através do endereço de correio eletrónico tenders@espon.eu.