Nova publicação sobre Produção Circular nas Cidades

Conheça e descarregue gratuitamente o guia desenvolvido pela Cities of Making 'Foundries of the Future: A Guide for 21st Century Cities of Making'

A nova publicação 'Foundries of the Future: A Guide for 21st Century Cities of Making' revela como, contrariamente a alguma percepção geral, a produção nas cidades tem registado recrudescimentos. De facto, os processos de produção começam a ocupar um lugar importante na economia urbana do século XXI, assumindo maior expressão com o crescente interesse na economia circular, tecnologias mais limpas e compactas, maior consciencialização dos impactos da desigualdade social e uma compreensão mais clara das cadeias de valor.

Numa primeira parte, este guia traça a história dos finais do século XIX e inícios do século XX, observando como as cidades europeias evoluíram rapidamente ao aproveitar a produção e como o final do século XX conduziu a uma alteração radical na maneira como as cidades trabalham e pensam. Estamos hoje numa encruzilhada entre atores urbanos que não vêem a necessidade de produção nas cidades e aqueles que a consideram vital para um futuro urbano mais sustentável. Parte desta tensão emana do facto de a produção ser considerada um 'uso fraco da terra' em comparação com outras atividades, como é o caso do desenvolvimento imobiliário, que foi considerado mais atrativo financeiramente por muitos atores dos setores público e privado. Essa narrativa de desenvolvimento orientada para o setor imobiliário é cada vez mais vista como enfermando de sérios óbices, mas não pode mudar sem uma visão alternativa. É neste sentido que se prossegue aqui uma narrativa sobre como a produção urbana pode dar resposta a quatro desafios específicos que as cidades enfrentam e, por sua vez, como os processos de produção dependem também das cidades.

A segunda parte pretende constituir-se como um manual, fazendo a súmula dos trabalhos de investigação e de campo realizados em várias cidades europeias, nos quais se constataram muitas semelhanças no que respeita a problemas, desafios e soluções para a produção urbana. Buscando inspiração na obra seminal de 1977, 'A Language Pattern', de Christopher Alexander, Sara Ishikawa e Murray Silverstein do Center for Environmental Structure de Berkeley, na Califórnia, estes resultados foram traduzidos em cinquenta padrões que ajudam a tornar mais tangível a diversidade de questões relacionadas com os processos de produção, sendo fornecido um conjunto de exercícios e métodos para utilizar estes padrões. Finalmente, são definidos doze domínios de ação-chave como possíveis pontos de partida para apoiar a produção urbana.

Esta publicação resultou dos trabalhos desenvolvidos pela Cities of Making, no âmbito de um projeto de investigação com uma duração de três anos que agregou equipas de Bruxelas (Latitude, BECI, ULB & VUB), Londres (UCL & The RSA) e Roterdão-Haia (TU Delft). O projeto foi financiado através da JPI Urban Europe, com co-financiamento Innoviris, EWRC e NWO.

Aceda e descarregue gratuitamente este guia em formato pdf.